logotype

87% dos smartphones Android têm falhas graves de segurança, diz estudo


Pesquisadores da universidade de Cambridge desenvolveram um método para avaliar a segurança do sistema operacional Android como um todo e os resultados indicam que 87% dos smartphones estão sujeitos a pelo menos uma das 11 vulnerabilidades mais críticas encontradas no sistema.

 O método utilizado pela pesquisa leva em consideração três fatores: A proporção de dispositivos ativos e livres de vulnerabilidades; a proporção de dispositivos de cada fabricante que possui a última versão do Android e o número de vulnerabilidades críticas que não foi consertada em nenhum dispositivo da fabricante. Os três critérios se unem em uma pontuação chamada "FUM", que vai de 1 a 10 e coloca as fabricantes em um ranking de segurança.

 

ADVERTISEMENT
 

Considerando os dispositivos Nexus – linha do Google feita por diferentes empresas ao longo dos últimos anos – como uma "fabricante", eles foram o grupo que obteve a nota mais alta: 5,2.

Atrás deles, veio a LG, com nota 4, Motorola, com nota 3,1, Samsung com nota 2,75, Sony com 2,65 e Asus com 2,37.

A pesquisa desconsiderou smartphones de algumas das maiores fabricantes de smartphones do mundo, no entanto, como a Huawei, Xiaomi e Lenovo. Isso mostra que, apesar do método, a abrangência da pesquisa ignorou marcas dominantes nos mercados asiáticos.

A pesquisa completa, com detalhamento dos métodos usados pode ser encontrada, em inglês, clicando aqui.

2017  Arley Junior  Todos os direitos reservados